Socializar é simplesmente estar em sociedade, presente com outros indivíduos





Uma das perguntas mais frequentes quando se fala em homeschooling, educação domiciliar, é quanto a socialização da criança ou adolescente.
Esse questionamento é muito comum, pois fomos doutrinados a pensar que a escola é o único ambiente de socialização na formação do indivíduo, vivemos em um país com um estado paternalista que se propõe a "resolver" a educação e pelo fato do homeschooling não estar tão presente em nossa história como país.
Socialização é a assimilação de hábitos característicos do seu grupo social. O dicionário vai falar em tornar-se social, reunir-se em sociedade.
Partindo do conceito da palavra, podemos concluir que socializar é simplesmente estar em sociedade, presente com outros indivíduos. Sejam eles amigos, colegas de algum esporte, pais, parentes ou até mesmo a convivência comum do dia a dia. Quando vamos ao mercado, socializamos com o caixa, com o padeiro, etc.
Outro ponto a se refletir a respeito da educação domiciliar e o questionamento comum quanto a socialização da criança ou adolescente é que, antes de haver acesso deliberado às escolas, os indivíduos eram ensinados 100% do tempo em seus lares e nem por isso tornavam-se adultos isolados, introspectivos, que não sabiam se comunicar, se portar, etc.
No ambiente escolar, a criança passa, muitas vezes, mais de 5 horas diárias, convivendo com pessoas que possuem a mesma faixa etária que ela e que, portanto, reforçam comportamentos e padrões daquela idade.
A saúde emocional da criança se estabelece no convívio com os pais e também com os familiares em geral, como primos, tios, avós, etc. Nesse ambiente é que a criança cria raízes, se sente amada, se experimenta e não no convívio com estranhos dentro do ambiente escolar.
A evolução como individuo ocorre quando a criança é exposta ao convívio com pessoas das mais diferentes faixas etárias, pessoas que a amem, a respeitem, a ouçam, a desafiam e que também são referências para vida adulta.
A infância não é um fim em si mesma. O ápice da nossa vida é a fase adulta e a criança deve ser preparada e desafiada para tal.
Além do convívio com a família, a criança que é educada em casa, pode praticar esportes, conviver com filhos de amigos, amigos da igreja, etc. Desse modo, a ausência da escola na sua vida não será sinônimo de um adulto que não saiba conviver em sociedade.

Comentários

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens mais visitadas